Fiscalização do Ipem-PE encontra irregularidades em produtos de carnaval

Para garantir a segurança dos foliões, fiscais do Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco(Ipem-PE) estão realizando a Operação Especial de Carnaval. O objetivo da ação, que teve início na segunda-feira (27), é verificar se os produtos típicos da época atendem às especificações de segurança e quantidade estabelecidas pelo Inmetro, garantido assim que os consumidores não sejam lesados na hora de adquirir  produtos como fantasias, adereços, glitters, dentre outros.
De acordo com o Presidente do Ipem-PE,  Adriano Martins, até o momento 32 estabelecimentos foram fiscalizados, sendo 24 notificados. “A grande maioria das irregularidades encontradas foram fantasias sem as informações obrigatórias na etiqueta e produtos sem a indicação da quantidade”, explica.
“No caso das fantasias, o consumidor deve ficar atento à composição têxtil do tecido, que deve estar apresentada na etiqueta do produto. Informações como razão social ou nome da marca registrada do fabricante, CNPJ, país de origem também devem conter na etiqueta. No caso dos brinquedos é preciso ficar atento ao Selo de Conformidade do Inmetro e faixa etária indicativa e nos produtos pré-embalados, como confetes, serpentinas e os famosos glitters, se o peso confere com o descrito na embalagem”, adverte Martins.
Caso o consumidor desconfie ou encontre irregularidades em algum item, pode recorrer ao serviço da Ouvidoria do Ipem por telefone, através do 0800 081 1526, de segunda à sexta-feira, das 8h às 14h. Caso prefira, pode enviar um e-mail para o ouvidoria@ipem.pe.gov.br.