Táxis especiais que operam no Aeroporto passam por verificação do Ipem e começam a rodar com taxímetro

O Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco (Ipem-PE) realizou a verificação dos aparelhos de registro de corrida dos 60 táxis especiais que operam no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre.

A partir de desta quarta-feira (14), os carros passam a oferecer duas formas de pagamento: por bilhetagem, que cobra um valor fixo a depender da zona para onde o passageiro vai, e por meio do taxímetro, com valores variáveis.

De acordo com o presidente da Cooperativa do Serviço Especial Táxi Aeroporto (Coopseta), Adauto Paes Barreto, a medida atende a uma solicitação dos taxistas, para aumentar a competitividade.